quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Desenvolvimento Sustentável

Não é bom apenas para o futuro de seus filhos, é bom para o seu presente também

Desde a Revolução Industrial, a busca pelo desenvolvimento financeiro e tecnológico iniciou a exploração dos recursos naturais no nosso planeta. Desmatamento das florestas para fabricar moveis, papel, ferramentas, entre outros; exploração de minérios e pedras preciosas; extração, transformação e consumo de petróleo como fonte principal de energia. Tudo isso foi fator preponderante para aumentarmos a poluição em nosso planeta, diminuirmos os recursos naturais e a capacidade da natureza renovar suas fontes principais, como a água e a mata atlântica.

A diminuição do filtro natural da terra para a energia Solar, e o aumento, exagerado, da emissão de gases poluentes, principalmente o Gás Carbônico (CO2), na atmosfera fez surgir um efeito denominado de “Efeito Estufa”. O efeito estufa age como um bloqueio a saída das ondas de calor, provenientes do Sol, do nosso planeta para o espaço, fazendo com que essa energia se concentre aqui, aumentando a temperatura de nosso planeta.

Os efeitos para esse aumento caso ele continue serão o derretimento das calotas polares aumentando o nível de água nos oceanos, podendo inundar, ou ainda fazer desaparecer algumas cidades litorâneas, como Veneza e Salvador. Também ocasionam o aumento de fenômenos naturais desastrosos, como furacões, maremotos, tempestades, tsunami, entre outros.

Diante desse contexto surgiu o termo Desenvolvimento Sustentável. Este conceito defende o desenvolvimento, tecnologico, social, ou financeiro, sem comprometer o meio ambiente e os seus recursos naturais, para que nós continuemos tendo uma boa qualidade de vida e também as nossas gerações futuras.

O texto abaixo foi extraído do website de um banco brasileiro que vem divulgando a Sustentabilidade e associando sua marca a ela, através de suas campanhas publicitárias.

 

“Para que serve uma empresa? Basicamente, para prestar um serviço à sociedade, contribuindo para o seu desenvolvimento. O lucro é uma conseqüência disso e também um sinal de que a empresa está fazendo um bom trabalho.

A questão que importa para nós, do Banco Real, é a maneira pela qual isso é feito. Como qualquer empresa, nós também perseguimos o lucro, mas temos algo muito claro nesse processo: queremos lucro como resultado de um jeito certo de trabalhar.

Temos consciência de que nosso negócio é um agente fundamental de desenvolvimento econômico. Sabemos que temos um importante papel a desempenhar na construção de um mundo mais sustentável.

Como os negócios em geral precisam da intermediação de um banco para serem colocados em prática, aproveitamos essa oportunidade para colocar em prática aquilo em que acreditamos. Assim, podemos contribuir para disseminar uma nova ética de negócios, que considere o meio ambiente e o desenvolvimento de toda a sociedade.

Para atingir esse objetivo, temos lançado um novo olhar para as nossas atividades. Em todas as nossas decisões, buscamos o lucro como resultado de uma relação que respeite a sociedade e o meio ambiente.”

Fonte: http://www.bancoreal.com.br/index_internas.htm?stUrl=/oqueesustentabilidade/Sustentabilidade%20Para%20Nos/Apresentacao.aspx

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. E muitas pessoas ainda criticam essas iniciativas das empresas dizendo que tudo isso é marketing. Mas na verdade, as pessoas estão mudando e estão preferindo produtos ecologicamente corretos. Ou as empresas se enquadram nessa nova exigência dos consumidores ou elas não vão para frente. Vamos fazer da Sociedade e das empresas privadas, uma parceria de sucesso. É para o bem de todos e do nosso planeta.

    ResponderExcluir
  3. O desenvolvimento sustentável repensa a forma com que nós consumidores e as grandes empresas agem de forma a usufruir de forma consciente os recursos naturais. Hoje os consumidores pesquisam empresas que possuem essa característica de modo a apoiar tais iniciativas. Se as empresas podem lucrar fazendo a coisa certa, porquê nós consumidores não apoiamos??? Isso não é marketing que busca apenas a exploração do consumidor, mais um marketing que busca clientes preocupado com a forma que a empresa trata o desenvolvimento sustentável.
    Vale a pena refletir sobre isso.

    ResponderExcluir